segunda-feira, novembro 13, 2017

 

A tirania da erótica

 
A apresentação pelo Prof. Sobrinho Simões do livro de um velho amigo, o Prof. Carlos Mota Cardoso (que usa o pseudónimo João Trambelo) “A Tirania da Erótica”, editado pela ”Labirinto de letras”, pertencente a pessoas por quem tenho velha admiração, foi espantosa. Só o Prof Sobrinho Simões era capaz de tornar a apresentação de um livro numa conversa a três, entre si, o autor do livro e o auditório, com achegas interessantíssimas, interrogações oportunas e respostas surpreendentes. Não se podia ficar indiferente àquela apresentação, feita na Ordem dos Médicos. Aprendi muito!
O livro é uma reflexão, como disse O Prof. Sobrinho Simões, que poderia ser caracterizado como um ensaio ou como um romance. Para mim, do que já pude ler, é um poema. Ora reparem só neste recorte do sétimo capítulo. “Naquela noite de Outubro a lua abraçou cúmplice a fonte de São Miguel. Primeiro sorriu de júbilo ao contemplar a beleza ardente do amor. Depois chorou de dor ao perceber a fragilidade candente da paixão humana“.

Gosto desta forma de falar do erotismo! Também penso, como diz, na introdução, Daniel Sampaio, que “o erotismo é a sexualidade socializada e um dos seus fins é inserir o sexo na sociedade”. Não esperem do livro um tratado da sexualidade. Procurem-no como um romance ou um livro de poesia sobre o desejo e a fantasia. E vão ver que a leitura é estimulante!

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?