segunda-feira, maio 01, 2017

 

Um mundo às avessas e premiar às avessas

Pensemos no exemplo que vem dos E.U. e de França! De quem será a culpa de o mundo andar às avessas e premiar às avessas? Despreza a honestidade, pune o trabalho, recompensa o oportunista, o chico-esperto, o corrupto e pune quem defende a solidariedade, luta pela justiça e quer a transparência..
Será que uma lanterna mágica faz, como sendo natural, ver o mundo de pernas para o ar, como Eduardo Galeano coloca nos pregões da lanterna Mágica?

“Que se alce a lanterna mágica!
Imagem e som! A ilusão da vida!
Em prol do comum estamos oferecendo!
Para ilustração do público presente
o bom exemplo das gerações vindouras!
Venham ver o rio que cospe fogo!
O Senhor Sol iluminando a noite!
A Senhora Lua em pleno dia!
As Senhoritas Estrelas expulsas do céu!
O bufão sentado no trono do rei!
O bafo de Lúcifer toldando o universo!
Os mortos passeando com um espelho na mão!
Bruxos! Saltimbancos!
Dragões e vampiros!
A varinha mágica que transforma
um menino numa moeda!
O mundo perdido num jogo de dados!
Não confundir com grosserias e imitações!
Deus bendiga quem vir!
Deus perdoe quem não!
Pessoas sensíveis e menores, abster-se”.

Pregões da lanterna mágica do século XVIII


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?