segunda-feira, novembro 09, 2015

 

Queliberdade de imprensa?


Marcuse, quando escreveu "O Homem unidimensional"  já lembrava o risco dos mass-media reproduzirem o pensamento conveniente ao poder económico e financeiro. Esse risco tornou-se numa realidade à medida em que os meios de comunicação social foram sendo tomados pelo poder referido.

Quando se fala em liberdade de imprensa convém olhar, com olhos críticos, no seu significado, quando os jornalistas se tornaram no cinturão protetor dos mais favorecidos. E é isso que está a acontecer. Muita gente, de tanto ouvir e ler o que diz o pensamento de conveniência do PáF, já aceita e interioriza os seus slogans como verdades únicas. O próximo governo não poderá ganhar o entusiasmo que merece dos mais desfavorecidos pelo governo PSD/CDS se não corrigir esta situação. E é urgente que o faça, porque não há pluralismo onde o domínio é o pensamento único!

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?