quinta-feira, outubro 01, 2015

 

Tudo já estava pronto para o espectáculo começar

Estive na Praça D. João I. Estava a Praça ocupada por um pequeno espaço, cercado por cartazes do PSD/CDS e outros com PáF. Um camião dos aparelhos de som virava-se para um palco e, ao lado, muitas carrinhas dos diferentes canais de televisão preparavam-se para a acção. No interior, sentados, estavam cinco ou seis velhinhos, um deles dormia, deixando que no canto da boca espreitasse saliva branca. Uma carrinha despejava bandeiras e lenços para enrolar no pescoço (o que entendi como metáfora do trabalho do PáF). Pela Rua Passos Manuel cruzei-me com alguns casais de meia-idade, de mão dada, conforme lhes ensinou a Madre Igreja no abandonado interior. Traziam um olhar estranho à Cidade, uma feição pesada e triste, de quem se sentia forasteiro à força, e um lenço do PáF ao pescoço
Logo à noite, nos noticiários, os discípulos de Leni Rienfenstahl mostrarão uma multidão apinhada em torno do chapéu de Portas e do crucifixo de Passos Coelho.
Esta campanha é uma burla como tem sido este governo

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?