sexta-feira, outubro 30, 2015

 

A posse do pinóquio

Ouvi o discurso de Passos Coelho e lembrei-me da sua arrogância, do seu desprezo elo diálogo, dos suicídios causados pelo desemprego que provocou, da emigração forçada de milhares e milhares de jovens, da fome e miséria de muitos portugueses da classe média e das estatísticas terem referido que Portugal, durante o seu governo,  tornou os ricos mais ricos e em menor número e os pobres mais pobres e em maior número. Ainda me ocorreu que estivesse a fazer uma autocrítica, quando dizia no seu discurso que iria fazer o contrário, mas logo me veio à cabeça tudo o que ele tinha prometido antes de ser governo e agora repetia.
De facto, este Pinóquio na ganha juízo e toma-nos por papalvos! Mente, mente e mente, convencido que a mentira persistente acaba por iludir e ser pensada como verdade. Mas isso só acontece a quem se comporta perante o que ouve de Passos Coelho como o burro perante a cenoura.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?