sexta-feira, maio 13, 2011

 

Debate entre Passos Coelho e Paulo Portas.

No debate, hoje, na SIC, entre Passos Coelho e Paulo Portas nada de surpreendente aconteceu. Paulo Portas elegeu como “lugar de preferível” (como se diz em teoria da argumentação) o repetir até à exaustão que é “muito coerente”, que “fala verdade”, que tem “a melhor equipa”, etc., etc. Não sei se isto pega no auditório. É que para estes truques de manipulação do auditório há um ditado muito antigo que diz:”elogio em boca própria é vitupério”. E já chateia tanto gabanço a si mesmo e ao seu partido.

Todos sabemos que só há um programa, o da Troika. Passos Coelho é nisso o mais coerente.
Estes debates fazem-me lembrar aquele velhinho poema:

Palram pega e papagaio,
E cacareja a galinha;
Os ternos pombos arrulham,
Geme a rola inocentinha.

Muge a vaca, berra o touro,
Grasna a rã, ruge o leão
O gato mia, uiva o lobo,
Também uiva e ladra o cão.

Relincha o nobre cavalo,
Os elefantes dão urros,
A tímida ovelha bala,
Zurrar é próprio dos burros.
Etc.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?