quarta-feira, janeiro 19, 2011

 

Uma boa ideia.

Fernando Nobre desafiou hoje o seu adversário Manuel Alegre a “desistir”.


De facto, a campanha de Manuel Alegre revelou-se um desastre: sem uma estratégia programática, com um apoio contraditório (PS e BE), uma incapacidade de mobilizar o eleitorado de esquerda e o recurso quase patológico ao perigo da direita (como se Cavaco estivesse mais à direita que Sócrates ou fosse mais autoritário que este). Nada aprendeu com os erros de João Soares no confronto com Santana Lopes para a Câmara de Lisboa.


Fernando Nobre é o único capaz de agrupar todas as tendências de esquerda e, por isso, o único capaz de vencer Cavaco Silva.


Manuel Alegre, desistindo, evitava a humilhação de um golpe mortal nas suas ambições políticas e prestava um bom serviço à democracia, que tanto diz defender.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?