quarta-feira, janeiro 05, 2011

 

Espera-se um efeito de boomerang!

O caso do BPN, tornado bandeira por Manuel Alegre, não será um replay do “caso roubo da Banca”, contra Sá Carneiro?

E será que não irá ter o mesmo efeito de boomerang?!...

Só há uma diferença: no “caso BPN” ninguém importante do Bloco central tem as mãos limpas.

Mas há uma semelhança, nos dois casos: usa-se o mesmo ataque ad homine, procurando maquiavelicamente destruir o adversário por um processo indigno de uma campanha eleitoral.

O compromisso com a verdade, de que fala Alegre, não é só de Cavaco, mas de todos os políticos e, particularmente, de todos os candidatos.

Manuel Alegre, com Sócrates a seu lado, esquecerá que os portugueses não estão esclarecidos do que aconteceu no caso Freeport, Universidade Independente, mamarrachos da Cova da Beira, etc., etc.?!...


Sentir-se-á bem, sem essas explicações, com a dita companhia?!...


Em vez de se lavar roupa suja, não seria melhor que se encontrassem maneiras de pôr a Justiça a funcionar de forma célere e soberana?!...

Não serão as campanhas oportunidades para que os eleitores conheçam as propostas que os candidatos têm para abrir esperança ao Futuro de todos nós, dizer o que, de profundo, reflectiram sobre o emaranhado de problemas que deprimem e angustiam a vida dos portugueses, como faz Fernando Nobre?!...

Pretenderá Manuel Alegre fazer da campanha tiro ao alvo?!...

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?