sexta-feira, janeiro 21, 2011

 

Arruadas para a azia

Passei pela arruada de Manuel Alegre. Muita gente, quase tanta como a que veio para apoiar Cavaco. E também muitas camionetas para levar os forasteiros, quase tantas como as que trouxeram os apoiantes de Cavaco.


Não sei por quê, mas veio-me à memória o dia em que parei num restaurante à beira da estrada para almoçar. Vi muitos camionistas, muitos carros e o restaurante estava cheio. Pensei: “este é que é bom”. Tanta gente é uma garantia. Almocei e não achei a comida muito especial. O pior veio depois: apanhei uma diarreia e, só a lembrar-me das razões que me levaram àquele restaurante, ainda me vem a azia.


Espero que essa gente que entrou de rompante nas arruadas de Cavaco e Alegre tenham a experiência que eu tive com os restaurantes à pinha.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?