domingo, julho 13, 2008

 

O Grande Irmão está a observar-te!

George Orwell escreveu um romance que tinha por principal personagem um Big Brother. Era uma personagem sinistra e tenebrosa que logo foi associada a Estaline e a Hitler.

Mas, o Grande Irmão, num estilo mais soft, pode também ser o espírito de todos os autoritários e demagogos que, em nome do combate à insegurança, à armas clandestinas, ao carjacking e ao medo, pretendem controlar toda a nossa vida por escutas ou chips. E têm a seu favor o egoísmo e o pragmatismo dos que se sentem inseguros e pensam que o problema do big borther é sempre com os outros, os que não cumprem, os “fora-de-lei”.

É por isso muito natural que a proposta apresentada pelo Governo de que todos os carros disponham de um chip (que permitirá pagar portagens, fornecer informações não só sobre o seguro, a inspecção da viatura, mas também investigar onde pára o carro que foi roubado ou objecto de carjacking), tenha o apoio do CDS, do PSD e do PS.

Mas esta iniciativa corre o risco de nos levar ao regresso do espírito Leviatã de que falou Hobbes: o “homem é lobo do homem” e, por isso, “tudo-vale” para manter a ordem e a segurança.

Com esse espírito ficam criadas todas as condições para, secretamente, aparecer um governo que classifique os cidadãos em duas categorias: os bons (os que merecem o apoio do governo, porque se harmonizam com os seus interesses) e os maus (os que não apoiam o governo e, por isso, devem ser preteridos no emprego e objecto de todas as medidas persecutórias).

Recordemos o poema de Brecht:
http://www.youtube.com/watch?v=8_Q-BWp2EFY

Cada um de nós passa a ser suspeito até prova em contrário. Desaparece não só a reserva da vida privada, os elementares direitos de cidadania, mas também o direito a que o bom-nome, a honra e a dignidade sejam valores estruturantes de uma sociedade.

Mas, se a sociedade, o Estado, os partidos e os governos não estimulam o direito ao bom-nome, ao sentido de dignidade e de honra que referências ficam para a vida em sociedade?!...

Será que estamos dispostos a aceitar um nihilismo dominado por um totalitarismo policial e burocrático de um “big brother teconológico”?!..

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?