domingo, julho 27, 2008

 

Gente fina é outra loiça!...

Paulo Portas está muito preocupado com o que custa aos contribuintes o rendimento mínimo - a tal prestação temporária para satisfação das necessidades primordiais do subsistema de solidariedade destinada a gente pobre, desempregada e com agregados familiares.

Entretanto, não se preocupa com o que é noticiado: «Luís Nazaré (um $ocialista da era socrática) deixou a presidência dos CTT mas continua a receber parte do salário, como presidente de um ‘comité de estratégia dos Correios’ que acumula com funções privadas. Nazaré diz que não há incompatibilidade, garantindo que é prática comum em muitas empresas» .
Ou seja, um meter a mão no bolso do contribuinte, desde que seja por gente fina, justifica que outro (dessa mesma gente) meta a mão nesse mesmo bolso! Diríamos que é o chamado socialismo de algibeira.
Entretanto, convém falar muito dos pobres para eleitor perceber os "bons sentimentos" de quem quer ser governo,, mas nunca esquecer que os pobres são a razão de ser dos ricos. Não haveria ricos, se desaparecessem os pobres.
Para Paulo Portas, como para o bloco central (que sobre esta matéria perdeu o pio), quanto mais miséria, mais gente fina! E não é com a gente fina que eles passam férias!?...

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?