quinta-feira, junho 07, 2007

 

Sete de Junho

Há mais de sete séculos e meio, desde 1246, que se celebra, a 7 de Junho, o Dia do Corpo de Deus.

Um mês depois, 7 de Julho de 1923 (18501923) , faleceu Abílio Guerra Junqueiro, bacharel em Direito pela Universidade de Coimbra, deputado, jornalista, escritor e poeta. Foi o poeta panfletário da causa republicana. Pertenceu ao que ficou designado por “Escola Nova”.

Começa, hoje, a contagem decrescente para o Euro 2008 na Áustria e Suíça. Segundo consta, está prevista a instalação de relógios em locais emblemáticos das cidades que vão receber jogos do Europeu. Viena, Salzburgo, Innsbruck, Zurique, Basileia e Genebra.

Comments:
Caro primo,
Pelo que sei Abílio Guerra Junqueiro morreu a 7 de Julho de 1923 com 72 anos de idade.
A 7 de Junho de 1850 ainda andava na barriga da mãe.
Não será melhor corrigir isso no post?
Raul Martins
 
"Há mais de sete séculos e meio, desde 1246, que se celebra, a 7 de Junho, o Dia do Corpo de Deus."

7 de junho?
hum!
o dia do Corpo de Deus não depende da data de quinta-feira Santa?

uma quinta-feira sim, mas dia7 de Junhi...
 
Caro amigo rm: coloquei o dia de nascimento e faltou-me o do falecimento. Já corrigi. Obrigado.

Quanto à festa do “Corpo de Deus” procurei a referência e encontrei-a em:
http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20070501062859AA7xhFg
 
Duas margens esquerdas, primo?

Qual é a verdadeira?

:-)

Maria
 
Reparo que continuo a dizer mal. Queria na resposta dizer que coloquei o ano de nascimento, em vez do ano da morte.

Aliás, é tanto mais distracção, quanto é certo que conheço bem Freixo de Espada à Cinta (onde Guerra Junqueiro nasceu a 17 de Setembro de 1850 e lhe colocaram uma estátua), dormia numa casa em frente e cacei com um seu familiar em Ligares.

As referências estão em:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_Junqueiro
 
Para mim, a esquerda é plural. Estava a corrigir um erro de palmatória e, talvez a generosidade da esquerda tenha produzido duas margens. Não faz mal: o que é preciso é que sejam de esquerda; isto é, do lado do coração.

Tem-me feito falta a V/ visita.

Um abraço
 
Queria dizer, referências (na wikipedia) a Guerra Junqueiro e não à caça.

Aliás, não é a primeira vez que me refiro a este poeta e também escritor. Ainda há pouco tempo, a UC lhe fez uma justa homenagem, aqui no Porto. A propósito tive aqui um debate com o meu amigo Hugo. lembram-se?!...

Um abraço
 
Estou a ficar tit-bitaites, com tanta confusão. Também deve ser da hora. Amanhã vou para Lisboa, a um casamento. Só venho no Domingo. Vou dormir, antes que faça mais baralhação.
 
Boa viagem,
bom casamento,
bom fim-de-semana

Maria
 
Caro primo,
Às vezes fazemos confusões esquisitas e quanto mais queremos emendar o erro pior fazemos. É como falhar ao primeiro tiro a uma lebre de rabo que nos salta aos pés. Quando, surpreendidos, queremos emendar a mão, já a magana se pôs ao largo e, como o colega da arte de S. Huberto bem sabe, cu de lebre... saco de chumbo.
Estou-lhe a dizer isto porque ainda não conseguiu emendar a mão totalmente uma vez que o Guerra Junqueiro morreu em Julho e não em Junho.
Deixe lá estes pormenores e vá lá até às capitais do império. E vamos lá a ver se para Agosto nos encontramos a ver umas rolitas. Mas seria no mínimo singular que o Guerra tivesse morrido na data em que se comemora o Corpo do Padre Eterno.
Abraço
Raul Martins
 
Acordei! Tem toda a razão.
Um abraço
Até Domingo. Amanhã tenho um casamento da fiha de um amigo. Vou estar horas e horas à mesa. Que coisa chata!...
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?