sexta-feira, março 30, 2007

 

Sócrates vai caindo e a insegurança aumentando!

Segundo a última sondagem da Marktest, José Sócrates cai 10 pontos e o PS recua meio ponto nas intenções de voto.

O líder do PSD, Marques Mendes, acompanhou Sócrates na queda, enquanto à esquerda Jerónimo de Sousa e Francisco Louçã posicionaram-se como os líderes partidários preferidos pelos portugueses. Ribeiro e Castro também registou uma ligeira recuperação.

Naturalmente, as sondagens valem o que valem, mas não deixará de ser significativo que José Sócrates e o PS tenham vindo a cair de sondagem em sondagem. E alguma coisa terá a ver com o facto de todos os estudos revelarem que a pobreza aumenta em Portugal e a diminuição do deficit tem sido feita apenas por pressão da subida dos impostos, sem melhoramento no desempenho da economia.

Outra questão que deveria preocupar José Sócrates e o PS é a questão da segurança.


Aumentam os crimes violentos em Portugal, o que naturalmente estará ligado com o desemprego e a pobreza.

No entanto, este Governo agravou de forma esquizofrénica as condições para se adquirir uma arma de defesa. Quem quiser, hoje, uma licença de uso e porte de arma tem mais dificuldades do que em criar uma universidade e para comprar uma arma de defesa ou de caça terá de fazer exames escritos e práticos (e muita gente já vive a dar lições sobre essa matéria!) que parecem mais difíceis do que aqueles que fez Sócrates para atingir o “canudo” de engenheiro. E nem Sócrates precisava desse pseudo-canudo para ser primeiro-ministro, nem os utilizadores de arma de caça, de desporto ou de defesa precisavam desses complicados documentos e pseudo-conhecimentos para serem cidadãos responsáveis. As consequências estão á vista: aumenta o número de vendedores de armas na clandestinidade (este mercado torna-se preocupante!) e o governo vai ficando sem o controlo de quem tem armas e do calibre das mesmas.

Foi sempre assim: quando a interdição é doentia, a pressão sai por onde é mais perversa.

Obviamente, não há dúvidas: este governo não tem o sentido da justa medida e, por isso vai caindo, caindo, até à derrota final. E se fossem mais "simplex" e menos arrogantes, evitariam isso!!!...

Comments:
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
 
Leram, hoje, a notícia de apreensão de muitas armas clandestinas, vindas de Espanha, em Chaves?!

Mal vêem sair um indivíduo de um armeiro, aparece logo quem pergunta: "quer comprar uma arma?"

As armas clandestinas são um riso enorme. É preciso que o Estado saiba quem tem armas e isso só consegue se as licenças para uso de arma de caça, de desporto ou de defesa não forem de tal maneira dificultadas que só consegue possuir uma arma quem tenha muito dinheiro.

Este governo dificultou de forma inadmissível a aquisição de licenças, tornando-as caríssimas, obrigando a exames desnecessariamente complicados e impostos elevados.

Só quem tem muto dinheiro pode ter uma arma.

Naturalmente, ninguém defende que toda a gente possa, como em certos Estados dos EU, adquirir uma arma.

Mas este exagero não pode ser corrigido por outro exagero, onde são metidas no mesmo saco armas de desporto, armas de defesa e armas de caça.

Isso tem como consequência entregar, por exemplo, o cultural vicio da caça a quem tem um bom emprego na cidade e está completamente desligado do significado que a caça tem para quem está ligado às aldeias.


Não é por ter muto dinheiro para frequentar cursos, inscrever-se em federações de tiro (que só existem praticamente no litoral), fazer provas e comprar uma arma, que um indivíduo fica capaz de saber usar uma arma ou ser um caçador respeitador do património cinegético e não um matador.

E é bom que o Governo Socialista recorde o que, a propósito, diz Ortega y Gasset, no livro "Sobre a caça e touros". "Em todas as ocasiões revolucionárias na história salta o ódio feroz das classes inferiores contra as superiores porque estas tinham reservado para si o privilégio da caça".
 
O reflexo de tudo isto não está a ser pensada.

O interior vai ficar sem quem gostava de lá estar. Em lugar das pessoas vão ficar os eucaliptos.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?