terça-feira, março 20, 2007

 

É preciso dizer basta!!!...

Fazem, hoje, quatro anos que se iniciou a guerra no Iraque.

Bush deu duas razões para a declaração desta guerra:

1ª o regime Iraquiano possui armas de destruição maciça;
2ª o regime Iraquiano apoia o terrorismo

Nenhuma das razões fazia sentido. O Iraque não possuía capacidades nucleares e as armas químicas foram destruídas na sequência da primeira guerra do Golfo. O regime do Iraque era laico e, por isso, hostilizado pelos terroristas islâmicos que estavam, sobretudo, ligados à Arábia Saudita (paradoxalmente, um dos aliados dos americanos).

Hoje, quatro anos depois do início da guerra, a própria Administração Americana já admite um fracasso comparável ao do Vietname.

Este monstruoso genocídio ainda está longe do fim, mas, segundo a revista médica britânica The Lancet, o balanço das vítimas é já superior a um milhão de mortos entre militares e civis.

Por que se construiu este monstruoso embuste?!...

Porque há predadores que transformam em lucros o sangue das vítimas das guerras e, neste caso, da guerra do Iraque.


E são eles:

1. O consórcio Halliburton , dirigido por Dick Cheney. É uma das empresas que mais tem lucrado com a guerra do Iraque. (Consultar
http://www.halliburtonwatch.org).

2. A Bechtel , dirigida por George Schulz, secretário de estado no tempo de Ronald Reagan. (consultar:
http://disarmamentactivist.org/2006/08/12/from-los-alamos-to-kwajalein-to-iraq-bechtel-and-the-engineering-of-empire/ ).

3. As firmas de mercenários Blackwaters, CACI e TITAN, contratadas pela Casa Branca para trabalhos sujos no Iraque, como, por exemplo, torturar prisioneiros .

4. A KBR, outra firma que tem ganho milhões no Iraque, com o fornecimento de água ao exército americano.

5º Durão Barroso. Por garantir "ter verificado" as provas de Bush contra Saddam Hussein, obteve o apoio de Tony Blair para ganhar a presidência da Comissão Europeia.

É espantoso!...

Recomenda-se, a propósito de tudo isto, o recente filme de Robert Greenwald “Iraq for Sale: The War Profiteers” (
iraqforsale.org) , onde é documentada em detalhe a actividade criminosa dos que se aproveitam da guerra.

À luz da lei criminal internacional, a Administração de Bush deveria ser responsável pela violação da Carta de Nuremberga (1945) e dos Princípios de Nuremberga (1950).

Muitos comparam a política desencadeada por Bush relativamente ao Iraque aos crimes que foram perpetrados pelo regime Nazi, durante a Segunda Guerra Mundial.

É preciso pôr fim a esta Guerra e pedir responsabilidades criminais aos responsáveis pelo embuste que a fez desencadear.

Por isso, hoje, estarei na manifestação conta a guerra do Iraque marcada para a Praça da Liberdade, ás 17h30.

Comments:
Segundo Aleixo, "para a mentira ser segura e atingir profundidade, há-de trazer à msitura qualquer coisa de verdade". Foi o que estes Senhores fizeram. É absolutamente abominável e não entendo, à semelhança do que também sucede em alguns casos em Portugal, o que esperam as instâncias competentes para abrir inquérito e apurar responsabilidades. A impunidade dos poderosos, apesar das denúncias públicas que todos nós conhecemos, semeará, na generalidade dos cidadãos e de forma mais premente, o sentimento de que vale a pena a violação das regras e pricípios que nos regem e, por conseguinte, arrastar-nos-à para umaa selvajaria que, a médio prazo, será imcomportável socialmente.
 
Denunciar pela palavra a barbárie é uma das formas de a comabter.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?