quarta-feira, março 07, 2007

 

O "canudo" só prejudica

Transcreve-se o seguinte anúncio:

«Precisa-se:

Técnico Administrativo (M/F)
Zona: Portugal / Porto
Empresa: People's Phone, S.A.
Categoria: Telecomunicações
Tipo: Estágio
Referencia..# 204868
Data:28-2-2007

Anuncio:

Somos uma empresa de Telecomunicações e Sistemas de Informação. No âmbito da N/ estratégia de crescimento pretendemos reforçar a nossa Equipa com um Técnico Administrativo, em regime de Estágio Profissional, para colaborar na Sede da Organização.

Função:

desenvolverá funções no âmbito do Departamento Administrativo, nomeadamente, apoio administrativo, atendimento telefónico, inserção e registo de informação em suporte informático, e respectivo arquivo; recepção/envio de correspondência;

Requisitos:
 12º ano de escolaridade
 Idade compreendida entre os 18 e os 30 anos
 Conhecimento de ferramentas de produtividade individual
 Sem experiência profissional

Nota: Candidaturas com frequência do Ensino Superior ou Licenciatura não serão consideradas. (...)»


Entretanto, o primeiro-ministro garantiu que serão investidos nos próximos anos 5,1 mil milhões de euros no programa «Novas Oportunidades», que tem como uma das metas centrais uma maior qualificação de um milhão de portugueses até 2010.

Comments:
O País poupava essa massa toda se o governo decidisse, por decreto, atribuir o 12.º ano a todos os jovens portugueses (usar o critério de jovem agricultor: até aos 40 anos ou o novo critério para atribuição de subsídio de arrendamento a jovens: toda a vida).
Assim, de uma assentada, elevava o país no ranking das habilitações académicas, aumentava a eficiência do sistema educativo, reduzia a zero as taxas de abandono escolar e, principalmente, poupava muito dinheiro, que poderia aplicar na reforma do sistema educativo do 1.º e 2.º ciclo.
 
O problema continua sempre o mesmo: só temos quem olhe o País à distãncia do seu nariz.

Falta sentido de estado e ver o País (a terra dos nossos filhos e dos nossos netos) com olhos do futuro
 
Caro amigo,
esqueceu-se de publicar o prazo para apresentação de candidaturas.

Será que, enviando agora, ainda vou a tempo?
:-)
 
peca por excesso!
 
Relativamente ao anúncio em causa...admito uma exclusão estúpida de Licenciados!!Mas diria também que a People´s Phone não impõe esta exclusão a todas as áreas da Organização. Felizmente talvez seja das poucas empresas que conheço que tem recrutado Licenciados para os seus quadros. Há que reflectir, que muitas vezes também são os próprios Dr.s a recusar este tipo de funções!O seu a seu dono. Disse!

Saudações People´s Phone!!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?