quarta-feira, março 07, 2007

 

Gabriel García Márquez

Faz, hoje, 80 anos o romancista colombiano García Márquez.

Situando-se no ambiente mágico de Macondo, escreveu “Cem Anos de Solidão”, um romance onde eleva a realidade a uma categoria onírica e nela sintetiza os mais diversos elementos: a história, a natureza, os problemas sociais e políticos, a vida quotidiana, a morte, o amor, as forças sobrenaturais, o humor e o lirismo.

Em 1982 recebe o Prémio Nobel da Literatura.

Foi Jornalista na sua juventude e viveu durante vários anos em França, México e Espanha. Em Itália estudou cinematografia.

Entre outras obras, escreve: A Trovoada (1955) e Ninguém Escreve ao Coronel (1962), o Outono do Patriarca (1975), Crónica de Uma Morte Anunciada (1981), Notícia de Um Sequestro (1996), etc

O mundo mítico e fantástico da sua escrita ficou designado por «realismo fantástico».

Parabéns García Márques

Comments:
Parabéns ao Grande Gárcia Marquez. Faltam aqui 3 obras que li e muito gostei, a saber: « Amor em tempos de cólera »; »memórias de minhas putas...», e o genial « viver para contá-la », este autobiográfico - a vida do Gabriel é dos melhores romances que já li, que vida cheia, imensa, intensa. Espero ansiosamente pela 2ª parte, que a 1º vai até aos 20 anos, se a memória não me falha.
Abraço Primo
 
tem razão.
 
Já agora, acrescento Cem anos de solidão.
 
Já lá está.
 
Bolas, pretendia ser uma piada!!! Falhada, já percebi(foi confundida com distracção.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?