domingo, junho 03, 2007

 

Feira do Livro

A Feira do Livro foi sempre para mim um encontro com dois tipos de amigos: os livros que me oferecem o prazer de ouvir o que eles me dizem e os amigos de velhos tempos que me recordam estórias passadas.

Não fiquei, hoje, defraudado. Encontrei velhos amigos, alguns deles mais velhos do que eu e fiquei com uma ideia de livros que na próxima visita terei de comprar.

Dizem-me que este ano, a Feira tem sido muito concorrida. Na verdade, o Pavilhão Rosa Mota estava, hoje, a abarrotar e via-se muita gente carregada com sacos de livros..

Para o ano, a Feira regressará ao cimo da Avenida da Liberdade. Espero que seja um sucesso. Ainda me lembro desse tempo e é preciso dar vida aquela extensa lage.

Comments:
Primo,já lá passei, também.Fui no Domingo passado.Estava muita gente, não sei se por ser Domingo.E havia uma especie de colóquio sobre o M.Torga, com professores de universidades a discorrerem sobre a obra, actores recitaram poemas .
Lembro-me da feira, na rotunda da Boavista. Na praça da Liberdade, não.
Por mim gostaria que se mantivesse no Palácio de Cristal. Gosto dos jardins. Aquilo é tão bonito.E da paz que lá se respira.
 
O aborrecido nas Feiras do Livro ao ar livre vem da chva.

Houve alturas, em que ía todos os dias à feira do Livro.

Um abraço, pelo seu regresso.
 
Não fui lá este ano. Espero que regresse à Praça da Liberdade, que sempre me fica mais à mão. Claro que é desculpa fracota :-)
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?